terça-feira, 1 de junho de 2010

Como a Política Interessa a Todos e a Cada um?




Quer queiramos ou não,estamos submetidos a um processo politico que penetra em todas as nossas atitudes e em toda nossa maneira de ser ou de agir.

Quando sonhamos, no futuro ficar "sem fazer nada" e apenas gozar a vida, depois de juntarmos um hipotético pé-de-meia, não estamos pensando em Politica, estamos cuidando de nossa vida do jeito que podemos.

Contudo, só conseguimos isso através de um processo politico, ou seja, é o processo politico que vai definir todas essas condições para o "pé-de- meia" sonhado e imaginado.

Vemos assim que a politica, o jogo de poder, está em toda a parte, na conduta humana.

Existe outro elemento na Politica, que é necessário acrescentar à conceituação que fixamos atrás; esse elemento pode ser descrito como natureza pública da politica.

A própria palavra "política" vem de polis, que significa cidade, ou seja, se discuto com minha mulher sobre a que cinema iremos hoje á noite, isso não é normalmente classificável como fato político, mas se nesta discussão, o marido acaba sempre por impor a sua vontade, então isto pode estar refletindo uma situação específica da mulher em toda a sociedade em que ela vive, isto é uma situação de inferioridade social.

Observa-se com isso que os fatos podem adquirir significado politico, na mesma medida em que se vinculam, ou possam ser vinculados à coletividade, aos destinos que digamos comuns.

Então podemos tornar mais precisa a nossa conceituação da Política.

A Politica dessa forma tem a ver com o processo de formulação e tomadas de decisões que afetem de alguma maneira, a coletividade atingindo individualmente cada um.

A Politica não é assim, apenas uma coisa, que envolve discursos, promessas e eleições. Não é uma coisa distinta de nós, é a condução de nossa própria existência coletiva, com reflexos imediatos sobre a nossa existência enquanto indivíduos, em nossa propriedade, ou nossa pobreza, nossa educação ou falta de educação, nossa felicidade ou infelicidade.

Não há nada de sujo e incompreensível na atividade politica. os politicos são gente como nós,e é de nosso meio que eles são formados, se achamos que eles são ruins de maneira tão radical, a consequência é que achamos todos nós coletivamente ruins.

Se queremos fazer alguma coisa para melhorar a situação, também estamos sendo politicos, pois a única via de ação possível é a Política.

Texto de leitura da aula de Ciência Politica do professor Antonio Arqueti Faraco

2 comentários:

  1. Muito bom o artigo, afinal, como disse Platão "Os bons que não gostam de política tem como castigo serem governados pelos maus".

    ResponderExcluir
  2. É isso ai: "A alma move toda a matéria do mundo". (Virgílio)

    ResponderExcluir