sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Incoerência Pública

Sempre defendi a legitimidade das reivindicações dos servidores públicos, como também sempre questionei a incoerência das lutas sindicais pelo Serviço Público de qualidade para todos. Saúde e Educação são os pilares de uma Nação forte e desenvolvida.
Agora, o que vemos com certa frequência são Sindicatos e Centrais Sindicais defenderem ampliação de Planos de Saúde Privado para seus sindicalizados e associados com muita frequência. E isso é antigo, desde 1989 que acompanho com tristeza essa falta de envolvimento dos servidores públicos na verdadeira questão pública sem hipocrisia. Quero saber se todos os deputados que defendem uma Educação Pública , deixam seus filhos na rede pública.Hoje vemos assim: "o serviço público é bom pro povo, mas pra mim e meus filhos, tem que ser a Educação Privada," e Assim é com o SUS também, é bom pro povão, mas eu quero meu Plano de Saúde Privado. Eu ouço isso da seguinte forma: "Pessoas! a Educação Pública e a Saúde  "vai" ser otima daqui uns tempos, aguentem ai. que nós sabemos o que será bom pra vocês e quando ficarem bons eu coloco meus bisnetos para Estudar na Escola Estadual e serem atendidos no "Postinho" de Saúde do meu bairro, aguentem firmes ai, que um dia teremos uma Saúde e uma Educação digna de nossos filhos."
Se queremos uma Nação forte na Educação e na Saúde pelos serviços publicos, temos de viver junto e com o povo, sentir o que eles estão sentindo na pele agora, sem demagogia e sem hipocrisia. Olhem o Chile, e verão como somos mesquinhos enquanto servidores do público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário